Simposio de Zhejiang de 2011

A convite do Departamento Provincial de Peritos Estrangeiros de Zhejiang, a APCS esteve mais uma vez presente na China, no Simpósio de Comércio e Investimento de Zhejiang de 2011.

Os 17 convidados estrangeiros, provenientes de 15 países, pertenciam a organizações de consultores seniores, associações profissionais, câmaras de comércio e organismos de cooperação. As sessões de trabalho foram efetuadas nas cidades de Ningbo e Taizhou e o programa

foi completado com diversas visitas a uma exposição industrial internacional, empresas, um templo e um museu. Também em Ningbo esteve, em 1993, o primeiro presidente da APCS, Almeida Freire, tendo curiosamente tratado com duas pessoas que também fui encontrar, 18 anos depois, em funções semelhantes.

 Ningbo é uma das cidades mais antigas da China, estava incluída na rota da seda há pelo menos dois mil anos e é referida com o nome de Liampó por Fernão Mendes Pinto na sua Peregrinação. Os portugueses iniciaram, por volta de 1522, relações comerciais com a cidade, que possui atualmente mais de 2 milhões de habitantes. Ningbo, que pertence a uma das 15 zonas de comércio livre da China, é uma importante cidade portuária com quatro universidades por onde são exportados artigos elétricos texteis, alimentos e artefactos industriais. A ponte da baía de Hangzhou, que liga Shanghai a Ningbo, tem 36 km de comprimento e é considerada a maior ponte trans-oceanica do mundo. Taizhou, com 1,5 milhões de habitantes, é uma cidade com reputação de dinamismo e mentalidade comercial.

Trouxemos da China 9 pedidos de assistência técnica que já foram distribuídos pelos associados. Ainda que os problemas que nos colocam sejam de uma forma geral específicos e muito técnicos, procuraremos encontrar candidatos que os queiram e possam resolver.

Se hoje em dia quase tudo passa pela China, é natural que, com o tempo, mais e mais tenha a ver com o colosso asiático.

Anfitriões simpáticos, aprendem rapidamente e procuram com avidez quem lhes possa transmitir conhecimentos e saber que os coloquem num lugar cimeiro entre as nações desenvolvidas do planeta.

Na rua mostram facilmente a mesma simpatia, presteza e disponibilidade para falar com os estrangeiros, que muitas vezes são abordados, com todo o à vontade, pelos locais.

Anúncios
  1. Simposio de Zhejiang de 2011 « apcseniores

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: