Consultores Seniores. “Afinal o que são?”

The term “Senior Expert” can be confusing because it has at least two meanings:

– In the context of active and paid work and service provision, “Senior Expertt” is a category where the most experienced consultants (as opposed to “Junior Consultants”) are integrated.

– But in fact it is not in that context that the “Senior Expert” of the APCS are found. Thus, with the aim of explaining as well as possible what is for us a “Senior Expert”, we are obliged to use two concepts, which are not new, but that conjugated simultaneously, give the exact notion of what we intend.
On the one hand we have VOLUNTEERING. So what is volunteering? Following the definition that comes in the WIKIPEDIA, we have that “volunteering is the set of actions of social and community interest in which all the activity performed reverts in favor of the service and the work, it is done without receiving any remuneration or profit. A prestigious profession because the volunteer helps those who need to contribute to a fairer and more supportive world “.

On the other hand we have to take into account COMPETENCE. If we use WIKIPEDIA, we will see that “the definition of Competence is based on the KSA, which is the knowledge (K) and the skills (S), technical competencies, and the attitudes (A), behavioral competences, that a person possesses. Knowledge is related to the academic formation, the theoretical knowledge, the ability is linked to the practical, the experience and the mastery of knowledge, while Attitude represents the emotions, values ​​and feelings of people, that is, human behavior.

We therefore have, in the APCS, the so-called Volunteering of Competences, exercised by “Senior Citizens”. But the age of senior citizen status varies widely. In the governmental context it is commonly associated with retirement age. In the commercial context, where the term “senior” is often used as a marketing tool, it may correspond to a much lower age.

For the APCS, the limit of forty years has been established, the age at which a citizen can acquire the status of associate of our organization, provided that he accepts to volunteer and has the necessary competences. However, there is a need here to point out that the APCS “Senior Expert”, even though they are volunteers, will only be assigned to a mission when they wish, for personal and professional reasons. For this reason, despite the fact that APCS has several requests for missions in several countries during the year, the fact remains that many of them are without candidates, because for this or that reason there is no availability of people for that specific mission.
One of the reasons lately we have been lately lacking candidates for certain missions has been the fact related to the new technologies and skills of our associates. Very new specialties begin to appear for which our consultants lack the skills or experience they need to apply.

That is why APCS is constantly looking to keep up to date and makes a very strong effort to recruit new “seniors” into our ranks. Do not you want to come and try it?

 

A expressão “Consultor Senior” pode prestar-se a confusão pois tem, pelo menos, dois significados:

–  No contexto do trabalho e prestação de serviços activa e remunerada, “Consultor Senior” é uma categoria onde se integram os profissionais de consultoria mais experientes (por oposição aos “Consultores Juniores”).

– Mas de facto não é nesse contexto que se encontram os “Consultores Seniores” da APCS. Assim, tendo como objectivo explicar o melhor possível o que é para nós um “Consultor Senior”, somos obrigados a lançar mão de dois conceitos, que não são novos, mas que conjugados simultâneamente, dão a noção exacta do que pretendemos.

Por um lado temos o VOLUNTARIADO. Então o que é o voluntariado? Seguindo a definição que vem na WIKIPEDIA, temos que “o voluntariado é o conjunto de ações de interesse social e comunitário em que toda a actividade desempenhada reverte a favor do serviço e do trabalho. É feito sem recebimento de qualquer remuneração ou lucro. É uma profissão de prestígio pois o voluntário ajuda quem precisa contribuindo para um mundo mais justo e mais solidário”.

Por outro lado temos que entrar em consideração com a COMPETÊNCIA. Se recorrermos ainda à WIKIPÉDIA veremos que “a definição de Competência está baseada no CHA, que são os conhecimentos (C) e as habilidades (H), competências técnicas, e as atitudes (A), competências comportamentais, que uma pessoa possui. O conhecimento tem relação com a formação acadêmica, o conhecimento teórico. A habilidade está ligada ao prático, a vivência e ao domínio do conhecimento. Já a Atitude representa as emoções, os valores e sentimentos das pessoas, isto é, o comportamento humano”.

Temos portanto, na APCS, o chamado Voluntariado de Competências, exercido por  “Cidadãos  Seniores”. Ora a idade que confere o estatuto de cidadão senior varia amplamente. No contexto governamental é vulgarmente associada à idade da reforma. No contexto comercial, onde o termo “senior” é frequentemente utilizado como instrumento de “marketing” poderá corresponder a uma idade bastante inferior.

Para a APCS foi estabelecido o limite dos quarenta anos, idade a partir da qual um cidadão pode adquirir o estatuto de associado da nossa organização, desde que aceite ser voluntário e tenha as devidas competências. Contudo há aqui a necessidade para chamar a atenção para o seguinte, os “Consultores Seniores” da APCS, apesar de serem voluntários só serão designados para uma missão quando o desejarem, quer por razões pessoais, quer profissionais. Por esse motivo é que apesar da APCS ter ao longo do ano diversas solicitações para missões, em vários países, o certo é que muitas delas ficam sem candidatos, pois por esta ou aquela razão não há disponibilidade de pessoas para aquela missão especifica.

Uma das razões pela qual ultimamente temos tido com mais frequência  falta de candidatos para determinadas missões tem sido o facto relacionado com as novas tecnologias e as competências dos nossos associados. Começam a aparecer especialidades muito recentes para as quais os nossos consultores não têm competências ou experiência necessária para se candidatarem.

Por isso mesmo a APCS procura permanentemente manter-se actualizada e faz um esforço muito gtrande de recrutamento de novos “seniores” para as nossas fileiras. Não quer vir e experimentar?

Anúncios
  1. Consultores Senior. “Afinal o que são”? « apcseniores

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: