Local de trabalho: quando o cinzento é melhor que o verde

Sebastian Vallbracht, um empreendedor alemão com um recente negócio de consultadoria, passou o ano passado à procura na Europa de candidatos a empregos de consultadoria quer cientifica quer financeira. De notar que os novos licensiados não estavam incluidos nesta procura. As pessoasque aquele empreendedor pretendia deveriam ter, pelo menos, 40 anos de idade,preferncialmente 50 ou 60 anos.

Com outros três sócios, Vallbracht criou a VMVO Senior Expert Consultancy o ano passado. Acabou por encontrar 90 peritos“freelancers” para projectos especificos. A média das idades rondava os 55anos. Num continente onde a passagem à reforma se realiza muito cedo, como uma forma de libertar empregos para as gerações mais jovens, o negócio de consultadoria de Vallbracht é um exemplo de negócio que procura utilizar os seniores em vez de os afastar, sendo uma forma de os recuperar. “Os seniores precisam de flexibilidade” diz Christine Robert, o presidente da…mais

Anúncios
  1. Deixe um comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: